PRÓXIMO CAPÍTULO | As 10 capas mais bonitas da nossa estante

PRÓXIMO CAPÍTULO | As 10 capas mais bonitas da nossa estante

Mês passado apresentamos a vocês o Próximo Capítulo, o novo projeto do Nerdisse em parceira com blogs literários. O tema dessa vez é eleger as 10 capas mais bonitas da nossa estante. Foi uma tarefa muito árdua, mas nós conseguimos. Vamos mostrar agora as nossas capas mais bonitas e a sinopse oficial de cada livro para que, caso queiram, possam ler também.

1 – A Aprendiz, de Trudi Canavan

Sozinha entre todos os aprendizes do Clã dos Magos, somente Sonea vem de uma classe menos privilegiada. No entanto, ela ganhou aliados poderosos, como Lorde Dannyl, recentemente promovido a Embaixador. Ele terá, agora, de partir para a corte de Elyne, deixando Sonea à mercê dos boatos maliciosos e mentirosos que seus inimigos continuam espalhando… até o Lorde Supremo entrar em cena. Entretanto, o preço do apoio de Akkarin é alto porque, em troca, Sonea deve proteger seus mistérios mais sombrios.
Enquanto isso, a ordem que Dannyl está obedecendo, de buscar fatos sobre a longa pesquisa abandonada de Akkarin sobre o conhecimento mágico antigo, que está levando a uma extraordinária jornada, chegando cada vez mais perto de um futuro surpreendente e perigoso.

Comentário sobre a capa: É uma capa com um fundo bonito, relevo no nome e no desenho todo muito bacana.

2 – A Menina que Roubava Livros, de Markys Zusak

Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel, numa área pobre de Molching, cidade desenxabida próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido da sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona de casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, ‘O Manual do Coveiro’. Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro de vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes. E foram estes livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de rouba-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto a sua própria vida, sempre com a assistência de Hans, acordeonista amador e amável, e Max Vanderburg, o judeu do porão, o amigo quase invisível de quem ela prometera jamais falar.

Comentário sobre a capa: É uma das capas mais simples, bonitas e com muito significado. Merecia estar na lista.

3 – Fahrenheit 451, de Ray Radbury

O livro descreve um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixou de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e tornou-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos.

Comentário sobre a capa: Fahrenheit se reinventa com essa nova capa, quem leu entende o conceito dela fora que o vermelho com preto e branco é lindo.

4 – Fallen, Lauren Kate

Em Fallen, acompanhamos a adolescente Luce, mandada para um reformatório — apropriadamente batizado de Sword & Cross — após a morte do namorado em um incêndio misterioso. Ela suspeita que estranhas sombras negras, que a atormentam desde a infância, são as verdadeiras responsáveis. Mas quem acreditaria nela? Na escola, ela encontra o etereamente belo Daniel Grigori, que desperta uma estranha sensação de reconhecimento: único ponto luminoso num lugar onde celulares são proibidos e há câmeras de vigilância por todos os cantos. Mas tanta luz hipnotiza a menina, atraída pelo rapaz como uma mariposa pela chama. Ele tenta se manter afastado de Luce, mas também não consegue. E a verdade promete separá-los como tantas outras vezes — com a morte de Luce. Amantes destinados a se encontrar e se perder vida após vida, século após século. Excitante, sombrio e romântico Fallen é, ao mesmo tempo, um thriller vigoroso e uma inesquecível história de amor.

Comentário sobre a capa: Apesar do livro não ter agradado tanto, a capa de Fallen é muito bonita, bem desenhada e há relevo no nome que é muito bonito.

5 – Mitologia Nórdica, Neil Gaiman

Quem, além de Neil Gaiman, poderia se tornar cúmplice dos deuses e usar de sua habilidade com as palavras para recontar as histórias dos mitos nórdicos? Fãs e leitores sabem que a mitologia nórdica sempre teve grande influência na obra do autor. Depois de servirem de inspiração para clássicos como Deuses americanos e Sandman, Gaiman agora investiga o universo dos mitos nórdicos. Em Mitologia nórdica, ele vai até a fonte dos mitos para criar sua própria versão, com o inconfundível estilo sagaz e inteligente que permeia toda a sua obra. Fascinado por essa mitologia desde a infância, o autor compôs uma coletânea de quinze contos que começa com a narração da origem do mundo e mostra a relação conturbada entre deuses, gigantes e anões, indo até o Ragnarök, o assustador cenário do apocalipse que vai levar ao fim no mundo. Às vezes intensos e sombrios, outras vezes divertidos e heroicos, os contos retratam tempos longínquos em que os feitos dos deuses eram contados ao redor da fogueira em noites frias e estreladas. “Mitologia nórdica” é o livro perfeito para quem quer descobrir mais sobre a mitologia escandinava e também para aqueles que desejam desvelar novas facetas dessas histórias.

Comentários sobre a capa: Com o martelo já no meio da capa sobre o céu dos Deuses, já da pra ver que essa capa merecia estar na nossa lista.

6 – O Bicho da Seda, Robert Galbraith (pseudônimo de J. K. Rowling)

O detetive Cormoran Strike retorna no novo mistério de Robert Galbraith, autor do best-seller internacional ‘O Chamado do Cuco’. Quando o escritor Owen Quine desaparece, sua esposa vai a procura de Strike. De início, a Sra. Quine pensa que seu marido apenas se afastou por conta própria, por uns dias — como já tinha feito antes — e ela pede a Strike para que o encontre e o traga para casa. Mas conforme Strike investiga o caso, se torna claro que há mais no desaparecimento de Owen do que sua mulher pensa. O escritor havia terminado um manuscrito contendo descrições venenosas de quase todos que conhecia. Se o livro fosse publicado, poderia arruinar vidas: o que significa que existiam várias pessoas que poderiam querer silenciá-lo. Quando Quine é encontrado brutalmente assassinado em circunstâncias bizarras, a investigação se torna uma corrida contra o tempo para entender a motivação de um assassino impiedoso, um assassino como Strike nunca havia visto antes.

Comentário sobre a capa: O Bicho da Seda só perde para o seu antecessor aqui embaixo. Com Robert de costas e esse vermelho contratando com a cidade é lindo.

7 – O Chamado do Cuco, Robert Galbraith (pseudônimo de J. K. Rowling, anterior ao Bicho da Seda)

Depois de perder sua perna em uma mina no Afeganistão, Detetive Cormoran Strike investiga o suicídio de uma supermodelo, pensando estar apenas tocando sua vida como investigador privado. Strike conseguiu um cliente e os credores o estão chamando. Ele também terminou com sua namorada de longo prazo e está vivendo em seu escritório. Então, John Bristow passa por sua porta com uma história impressionante: Sua irmã, a lendária modelo Lula Landry, conhecida por seus amigos como Cuckoo, notoriamente havia morrido alguns meses atrás. A polícia julgou como suicídio, mas John se recusa a acreditar nisto. O caso liga Strike com o mundo dos belos milionários, namorados rockstars e designers desesperados, e isso o introduziu a todas as mais diferentes formas de prazer, tentação, sedução e ilusões que o homem conhece.

Comentários sobre a capa: Uma das capas mais bonitas da nossa lista, o azul e amarelo na capa é lindo demais. Os desenhos ficaram muito reais e da um “upgrade” na capa toda.

8 – Os Contos de Beedle, o Bardo, J. K. Rowling.

É um livro de contos sobre o Universo Mágico, com várias histórias e ensinamentos importantes que são repassados de bruxo a bruxo a cada geração. Cada conto possui comentários do próprio Alvo Dumbledore.

Comentário sobre a capa: Algo interessante sobre a capa e contra capa do livro é que cada simbolo brilhante é referente a um conto do livro.

9 – Princesa Mecânica, Cassandra Clare

Continuação de Príncipe mecânico, “Princesa Mecânica” é ambientado no universo dos Caçadores de sombras, também explorado na série Os Instrumentos mortais, que chega agora ao cinema. Neste volume, o mistério sobre Tessa Gray e o Magistrado continua. Mas enquanto luta para descobrir mais sobre o próprio passado, a moça se envolve cada vez mais num triângulo amoroso que pode trazer consequências nefastas para ela, seu noivo, seu verdadeiro amor e os habitantes do Submundo.

Comentários sobre a capa: Os desenhos falam por si, mas se eles não te encantaram saiba que – se tiver sorte – a capa vem cheia de brilhos que tornam ela mais linda ainda.

10 – Will & Will, John Green e David Levithan

Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra… Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em um aventura de épicas proporções. O mais fabuloso musical a jamais ser apresentado nos palcos politicamente corretos do ensino médio.

Comentários sobre a capa: Talvez a capa mais bonita da lista, o azul da capa em contraste com o preto é muito bonito. Além da história ser um amor só.

Então, o que acharam da nossa lista? Quais são os livros mais bonitos da estante? Conta pra gente. Lembrando que você poderá ver um post semelhante a esse essa semana nos blogs abaixo:

 

3 Comentários

  1. Amei as suas capas! Fiquei super interessada em ler Fahrenheit 451. Além de descobrir mais uma fã de futebol americano, apesar de torcedora do Patriots kkk!

    http://www.tudonoseutempoo.com.br

  2. karolini Barbara

    Eu tenho Fallen e Will e Will, eu simplesmente acho magnifica as capas do romance Fallen *-*
    Uma capa que eu gosto muito na minha estante é Garota Submersa, edição especial da Darkside, Noiva Fantasman também me encanta bastante a capa. 🙂
    Claro que tem mais, mas eu sou apaixonada por meus livros, huahuahua
    Então a lista será grande.

Comente, queremos saber sua opinião